O SEGUNDO GRUPO: JUDEUS DE SANGUE + ANIMAIS IMPUROS

Paralelamente, Deus buscará novamente um segundo grupo de remanescentes, desta vez se utilizando dos Seus sacerdotes da primeira ressurreição para evangelizar objetivamente a mente de cada um (inspirações), cumprindo assim sua promessa aos judeus de sangue que finalmente tomarão consciência sobre Cristo e Seu Evangelho, e  passarão a crer nEle como sendo o Messias, como está escrito.

Romanos 11:
25 Porque não quero, irmãos, que ignoreis este segredo (para que não presumais de vós mesmos): que o endurecimento veio em parte sobre Israel,
até que a plenitude dos gentios haja entrado.
(isto acontecerá em 19 de maio de 2012 e significa que até 19 de maio de 2012 o coração dos judeus de sangue ortodoxos serão tornados corações de carne e virão assim a crer também em Cristo Jesus ressuscitado)


26 E assim todo o Israel será salvo, como está escrito: De Sião virá o Libertador, E desviará de Jacó as impiedades.
27 E esta será a minha aliança com eles, Quando eu tirar os seus pecados.
28 Assim que, quanto ao evangelho, são inimigos por causa de vós; mas, quanto à eleição,
amados por causa dos pais.

Creio que outros que não de sangue judeu também estão incluídos neste segundo grupo.

Vejamos esta passagem de Apocalipse:

Apocalipse 10:
10 E tomei o livrinho da mão do anjo, e comi-o; e na minha boca era doce como mel; e, havendo-o comido, o meu ventre ficou amargo.
11 E ele disse-me: Importa que profetizes outra vez a muitos povos, e nações, e línguas e reis.

Seria aos judeus apenas a ordem de “profetizar novamente”? Não vimos que na Arca também havia “animais impuros”?

Vejam a palavra  “nações” e “povos” no versículo 11 acima… elas estão no “plural”, e os judeus são apenas uma nação, um povo.

Também sabemos que na Arca de Noé existiam “os pais” dos judeus representados por Noé, além dos “animais” que representavam os gentios, tanto os “puros” quanto os “impuros”.  Devemos entender que haverão outros além dos judeus ortodoxos participantes da segunda ressurreição.

Creio que o trabalho de profetizar, ou de levar o Evangelho até os que ficarem para a segunda ressurreição ou para o Juízo eterno, implicará em ter uma espécie de contato maior com estes, algo como saber de todas as suas mazelas, mentiras e abominações, todos os seus segredos, toda a sua história.

Isso, para quem estará já “limpo”, “purificado” e livre do pecado, será tão desagradável (“amargor” no ventre) como foi para Jesus ficar andando no meio de tantas pessoas impiedosas, cruéis, mentirosas, pois sabia o que ia dentro das mentes destas pessoas durante seu ministério aqui na terra.

Os Sacerdotes terão um duro trabalho para em seus novos corpos espirituais obedecerem este ordenamento. Que assim seja.

Devemos considerar que os “animais impuros”, por este trabalho dos Sacerdotes e pela misericórdia de Deus, serão tornados “limpos” pela incrível nova oportunidade destes se arrependerem e tomarem conhecimento do Cristo e Suas Verdades, mesmo que não estarão autorizados a estarem na presença de Deus continuamente. Só a “noiva”, ou os “sacerdotes” poderão fazê-lo.

Atos 10:
9 E no dia seguinte, indo eles seu caminho, e estando já perto da cidade, subiu Pedro ao terraço para orar, quase à hora sexta.
10 E tendo fome, quis comer; e, enquanto lho preparavam, sobreveio-lhe um arrebatamento de sentidos,
11 E viu o céu aberto, e que descia um vaso, como se fosse um grande lençol atado pelas quatro pontas, e vindo para a terra.
12 No qual havia de todos os animais quadrúpedes e répteis da terra, e aves do céu.
13 E foi-lhe dirigida uma voz: Levanta-te, Pedro, mata e come.
14 Mas Pedro disse: De modo nenhum, Senhor, porque nunca comi coisa alguma comum e imunda.
15 E segunda vez lhe disse a voz: Não faças tu comum ao que Deus purificou.
16 E aconteceu isto por três vezes; e o vaso tornou a recolher-se ao céu.

Sabemos que os judeus de sangue eram os prediletos de Deus, mas se rebelaram, e com isso Deus foi até os gentios e levou a salvação até eles.

Este foi o novo Pacto, o Novo Testamento, a Nova Aliança que Deus fez com o mundo, se divorciando do Seu primeiro amor, o povo judeu (de sangue), para se casar com a “igreja” do Novo Testamento, com os gentis, com os que creem em Cristo, na Bíblia.

Devemos considerar os membros da família de Noé como sendo os judeus de sangue, aqueles que até hoje aguardam o Messias, os que são “justos”, mas estão com seus corações endurecidos por Deus.

Devemos considerar também que os animais limpos eram de várias espécies, e uma das pombas ao menos desembarcou primeiro (chegou antes, em 28/29 de outubro de 2011). Depois os demais “limpos” também desembarcaram até 19 de maio de 2012, quando os “impuros” que foram tornados limpos se juntarão à eles na grande Festa de Casamento de Cristo.

Com isso, podemos compreender que todos os que são tripulantes desta primeira arca virão efetivamente a crer em Cristo Jesus, crer na Verdade, virão a fazê-lo até o dia 19 de maio de 2012. Este é o prazo final para que todos os que “porão os pés” na terra prometida venham a se tornar dignos de estarem diante do noivo, devidamente “trajados”, ou com suas mentes preparadas por um coração que impulsiona apenas pensamentos dignos.

Com isso, creio que se estabelecerá um Reinado na terra onde os incrédulos continuarão mortos espiritualmente, porém conhecedores da Verdade. Serão inspirados e controlados pelo povo de Deus para sempre, que neles exercerão o aprendido com Cristo, o Rei definitivo deste mundo.

Não há informações nas Escrituras de que haverão outros mundos para que o povo de Cristo reine ou possa visitar, mas também não há nada que diga que não haverá. O que podemos acreditar é que este mundo será habitado pelos incrédulos para sempre, e estes viverão na mediocridade de suas mentes e sob as pragas mentais reservadas aos que só souberam cometer iniquidades, a pensarem única e exclusivamente em atender os seus desejos, a revelia do que Deus estabeleceu como LEI.

Os que temeram a Deus, temeram e amaram Sua Lei, estes viverão na cidade celestial Jerusalém, inimaginável de onde com nossas mentes estamos agora.

Isto harmoniza esta questão sobre haver salvação para os judeus de sangue (ortodoxos) que ainda vivem em todo o mundo e principalmente em Israel, e para também outros “animais imundos” tornados “limpos” que estão no mundo todo, que saberão olhar para a Cruz, para o Evangelho do Nosso Senhor Jesus Cristo em Sua plenitude, contado por Cristo e pelos Seus Sacerdotes a todas as almas viventes.

Haverá o período de reinado de Cristo até maio do ano que vem para buscar e trazer todas as ovelhas do primeiro aprisco  (primeira arca) para o local reservado para elas, para que então depois destes mil anos de reinado, seja solto Satanás, para a grande e definitiva batalha espiritual que antecederá o estabelecimento do final de toda a história de Salvação criada por Deus, para Seus sacerdotes e para o Seu povo tornado santo.

A partir de 28 de outubro, creio, comemoraremos intensamente a festa da Bíblia, a festa do Tabernáculo, recebendo o “estandarte“, ou a forma de ver/compreender a Cristo que será por Ele mesmo contada abertamente, onde por essas boas novas as ovelhas passarão a ser chamadas ao som de trombetas, e ascenderão com suas mentes aos céus, aos lugares celestiais, e viverão para sempre tranquilos e seguros com Cristo e os sacerdotes.

João 7:
37 E no último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé, e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, venha a mim, e beba.

Isaias 11:
11 E há de ser que naquele dia
(a partir de 19 de maio de 2012) o Senhor tornará a pôr a sua mão para adquirir outra vez o remanescente do seu povo, que for deixado, da Assíria, e do Egito, e de Patros, e da Etiópia, e de Elã, e de Sinar, e de Hamate, e das ilhas do mar. (a primeira vez foi para os tripulantes da primeira arca ou primeira parte da história da salvação dirigida aos “sacerdotes” do Reino e outros construtores da Jerusalém espiritual – ler Neemias/Esdras , e esta “outra vez” é referente à segunda parte, às demais arcas que virão com ao restante do povo santo que será resgatado – Isaias 60:9)
12 E levantará um estandarte entre as nações, e ajuntará os desterrados de Israel, e os dispersos de Judá congregará desde os quatro confins da terra.
(esse é um novo “estandarte” ou um novo “símbolo” ou “imagem” que representa todo o esplendor dos segredos de Deus escondidos na Bíblia e revelados agora por Cristo, que virá e reinará na terra a partir de um dia entre 28 de outubro de 2011 e 19 de maio de 2012, e então falará sem mais parábolas com os Seus discípulos – João 16:25)

João 10:
16
Ainda tenho outras ovelhas que não são deste aprisco; também me convém agregar estas, e elas ouvirão a minha voz, e haverá um rebanho e um Pastor.

João 16:
25 Disse-vos isto por parábolas; chega, porém, a hora em que não vos falarei mais por parábolas, mas abertamente vos falarei acerca do Pai.

Click para ir ao próximo post.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s